Conhecemos verdadeiramente uma pessoa, apenas quando paramos de agradar os seus interesses.